domingo, 8 de setembro de 2013

Porto Pim

Pico entre o Monte Queimado e o Monte da Guia. Ao fundo, do lado direito, o Museu Fábrica da Baleia e a antiga Casa de Veraneio da família Dabney, transformada, actualmente, em Museu.

No primeiro plano, Museus Dabney e Fábrica da Baleia. Ao fundo, Monte Queimado e praia de Porto Pim.

Cachalote fêmea “voadora”! No Museu Fábrica da Baleia assisti ao melhor documentário sobre a baleação nos Açores, realizado pela BBC: “Baleia! Baleia! – The Whalers of Azores”.

Capa do livro “Os Dabney Uma família americana nos Açores”, coordenação e prefácio de Maria Filomena Mónica. Entre 1806 e 1892, John, Charles e Samuel Dabney instalaram-se no Faial, na qualidade de cônsules dos EUA e desenvolvem uma intensa actividade comercial. Além da casa de veraneio, tinham três casas na Horta: Cedars (actual residência oficial do Presidente da Assembleia Regional dos Açores), Fredónia (hoje, descaracterizada e transformada num colégio) e Bagatelle (abandonada…). Saíram da Horta quando foi publicada nos EUA uma lei que proibia a acumulação de cargos diplomáticos com outras actividades, numa altura em que a “centralidade açoriana” se transferia para Ponta Delgada e enfrentavam a forte concorrência da família Bensaúde, no abastecimento de carvão e na logística comercial marítima. Esta edição da Tinta da China resulta de uma selecção de cartas, diários e artigos publicados na imprensa, compilados em 3 volumes (1797 páginas!), organizados por uma descendente, Roxana Dabney, sob o título: Anais da Família Dabney. (Nota: para uma visão expresso sobre a importância desta família de Boston para a Horta: Revista da Fundação Luso-Americana, Paralelo Nº4, Inverno - Primavera 2010, Edição especial).

Museu Dabney, antiga casa de veraneio da família. O excelente álbum fotográfico da família, organizado pelo Museu da Pesca da Baleia de New Bedford, Massachusetts, EUA, pode ser visto aqui: http://www.flickr.com/photos/nbwm/sets/72157617176677924/detail/

Vista da praia de Porto Pim, a partir do interior do Museu Dabney.

Aquário de Porto Pim. Na verdade, uma Estação de Peixes, com fins científicos e comerciais.

O Pico visto do Forte do Monte da Guia.

Caldeira do Inferno, Monte da Guia.

Vista da praia de Porto Pim, Monte Queimado e Horta, a partir do Monte da Guia.

Vista da costa sul, a partir do Monte da Guia.